quarta-feira, 4 de maio de 2016

Eu estive aqui, por Gayle Forman

Olá, galera!

Gayle Forman é uma autora com assinatura própria. Acredito que seu estilo é bem perceptível entre aqueles que a leem. Suas histórias tocam o mundo normal sem que sejam comum ao ponto de se tornarem enfadonhas. Mesmo quando a gente lê algo como "Se eu ficar", o fato da personagem nos contar sua história do mundo espiritual é apenas mais um detalhe - enriquece, mas sem exageros ou dogmas.



Então temos "Eu estive aqui" tratando de um assunto forte e real. Suicídio é um tema delicado e que sempre deve ser tratado com cuidado. Cody se sente culpada por não ter percebido nada de errada em relação à melhor amiga, Meg. Afinal, compartilhavam tudo. Por que, então, a fé que tinham uma na outra não fora suficiente para a amiga a procurasse se estivesse passando por uma situação ruim? E é o quê, o por quê e o como que motiva Cody a se aprofundar nos últimos dias de Meg em busca de respostas.

Este é mais do que um romance - é literalmente uma jornada de descobertas. Sempre acreditamos saber tudo sobre as pessoas que conhecemos. Nunca estamos preparados para reconhecer o lado sombrio de quem amamos.

O final é bem questionador. O que a gente faria naquela situação em que Cody se encontra? Eu realmente não sei como eu agiria.

Espero que vocês possam ler e aproveitar bem a leitura!

Vídeo | Lendo Ken Follett, Jojo Moyes, Robert Galbraith e Diana Galbadon

Olá, galera! Estava à toa na vida e resolvi: vou gravar um vídeo. Olhei para meu livreiro e pensei "mas sobre o quê?". Separei alguns livros e fui falando um pouco sobre eles. 


Falo sobre algumas leituras recentes e livros que eu recebi, dentre eles Outlander e Vocação para o mal. Além, claro, dos livros que eu comprei há meses e nunca li. Mas quem nunca, né?

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Mini-resenha | Beleza perdida

Havia muita expectativa em torno dessa leitura. Pessoas que eu conheço disseram que é um dos melhores new adults que leram. Clientes da Nobel Serra insistiam para que eu o lesse por terem se emocionado tanto com ele. Então, chegou um dia e eu resolvi ler.

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Resenha | A Herdeira - A Seleção #4

Eu acompanhei o lançamento dos livros da série A Seleção desde o começo. A capa bonita e a ideia central de Kiera para desenvolver seu livro é bem chamativa. Gostei muito do primeiro livro, o segundo me fez questionar se Kiera sabia para onde estava se encaminhando e o terceiro quase - quase - me fez acreditar que não havia um planejamento completo da trilogia.

Então, ela anunciou o quarto livro e fiquei pensando: o que de novo ela terá para contar que necessita um ou dois livros a mais para contar?

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Resenha | Vidas Reinventadas

       O livro Vidas Reinventadas de Boris Fishman é daqueles que te instiga a ler desde a sinopse até a último capítulo. Apesar da escrita não ser das mais fáceis, pois o personagem principal mistura a língua russa e outros dialetos à tradução portuguesa o inglês americano, nada impede do leitor se sentir fazendo parte da história, como se em algum lugar aquilo realmente tivesse acontecido.
Image Hosted by ImageShack.us