domingo, 13 de março de 2011

Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban

PODE CONTER SPOILERS
Se você ainda não leu nenhum livro da saga, nem continue se não quiser perder todas as surpresas

Falar desse livro é mais do que especial para mim. É contar como começou minha paixão por essas histórias de um menino bruxo que perdeu os pais quando o pior bruxo das trevas o atacou quando ele era bebê. Prisioneiro é um livro cheio de mistérios, do começo ao fim. E para entendê-lo é preciso mesmo ter lido os outros dois anteriores, pois fatos e pessoas citados neles se completam no terceiro volume.

Após um primeiro aniversário realmente feliz, com direito a notícias excelentes sobre a família Weasley, presentes e até bolo, Harry acorda para o café da manhã e encontra os parentes já na cozinha, assistindo à tevê que Duda ganhara de aniversário. O repórter vai logo alertando para o perigo de um fugitivo da prisão, armado e perigoso. Mas não entra em detalhes sobre, o que deixa tio Válter extremamente furioso. Porém, naquele dia ele vai à estação buscar uma surpresa nada agradável para o aniversário do sobrinho. Tia Guida, irmã de tio Válter, está vindo para passar alguns dias na rua dos Alfeneiros. Harry nunca suportou a irmã do tio, que sempre arruma motivos para dizer o quanto o garoto era deficiente e não ligava quando o cachorro dela o perseguia pela casa.

Tia Guida continua desagradável como sempre e para Harry o cúmulo acontece no seu último dia na rua dos Alfeneiros. Tia Guida compara uma cadela e um filhote mirrado a Harry e sua mãe e o garoto vai à forra e, sem controle de seu poder, faz com que a tia voe pelos ares em formato de balão. Então, Harry foge de casa assustado que o Ministério apareça e confisque sua varinha. No ano anterior, ele recebera uma notificação a respeito do uso indevido de magia no mundo trouxa e ela fora bem clara ao dizer que ele seria expulso se houvesse mais alguma atividade mágica naquela casa.

Enquanto o Ministério não cai em cima dele na rua, o garoto sem querer acaba invocando o misterioso Nôitibus Andante, o ônibus bruxo que "pula" de um lugar a outro, anda descontrolado e faz com que qualquer coisa no caminho salte para não haver colisão. Quando Harry embarca no ônibus, seu coração está nas mãos, pois ele quase fora atacado, ainda na rua, por um animal parecido com cachorro que o espreitava. Enquanto o ônibus prossegue viagem, Harry fingi que seu nome é Neville Longbottom, um colega da casa Grifinória em Hogwarts, para passar desapercebido por Lalau e Ernesto, cobrador e condutor do Nôitibus respectivamente.

No ônibus, Lalau lê o Profeta Diário, o jornal bruxo, e Harry fica surpreso ao ver a noitícia do mesmo prisioneiro fugitivo que aparecera no noticiário dos trouxas. E graças a Lalau ele fica sabendo que o homem se chama Sirius Black, que ele é um possível partidário de Você-Sabe-Quem e é culpado por um massacre ocorrido há treze anos quando treze trouxas e um bruxo morreram sob um único feitiço, sobrando apenas um dedo do mágico. E, o pior, ninguém sabe como foi que ele conseguiu fugir dos terríveis guardas de Azkaban. Ninguém nunca fugira de Azkaban!

Quando o Nôitibus, enfim, deixa Harry no Caldeirão Furado, um famoso bar bruxo que guarda a passagem para o Beco Diagonal, a verdadeira identidade do garoto é revelada por não menos que o próprio ministro da Magia em pessoa. Apavorado que seu ato de descuido com a tia Guida o faça passar uma temporada na prisão dos bruxos, Harry segue o ministro em silêncio até um dos quartos reservado especialmente ao garoto. No entanto, longe de levar qualquer culpa, o ministro demonstra satisfação ao ver que o garoto estava vivo e são. Harry não entende por que o ministro em pessoa apareceu para recebê-lo se não ia aplicar a lei bruxa sobre a qual ele fora anteriormente alertado.

Harry tem os melhores dias de férias da sua vida até então. Ao prometer ao ministro que jamais sairia do Beco Diagonal, Harry tem toda a liberdade do mundo para fazer seus deveres à sombra da sorveteria Florean Forstecue, regados a sorvetes, comprar todo o seu material escolar adiantado e babar em cima da mais nova vassoura do momento, a Firebolt, exposta na Artigos de Qualidade para Quadribol. Após alguns dias, quando seus amigos Rony e Hermione vão ao Beco, eles saem para comprar o material deles. Harry os acompanha e Hermione acaba comprando até um gato de cara amassada chamado Bichento, que tem imediata rivalidade com Perebas, o ratinho sem um dos dedinhos de Rony. Mais tarde, todos se juntam para um grande jantar no Caldeirão. Quando o jantar acaba e todos voltam para seu quarto, Harry acaba entreouvindo uma conversa entre o Sr. e a Sra. Weasley a respeito de Sirius Black e como ele parece ter o desejo de cumprir a missão de Lorde Voldemort e ver o garoto eliminado.

Antes de embarcar para Hogwarts no dia seguinte, o Sr. Weasley chama o garoto para conversar e Harry acaba confessando tê-lo ouvido à niote anterior. O Sr. Weasley, achando que o garoto ouvira mais do que devia, o aconselha a não ir atrás de Black. O que faz com que o garoto se pergunte por que ele iria atrás de alguém que quer vê-lo morto. E nisso reside um grande enigma do livro. Naquela viagem para Hogwarts, os garotos dividem a cabine com um homem adormecido, que eles acabam descobrindo ser Remo Lupin, possivelmente o novo professor da amaldiçoada disciplina Defesa contra as Artes das Trevas. Em um momento da viagem, o Expresso de Hogwarts é parado e os garotos vêem gente embarcando, mas na verdade não chega a ser realmente humanos...

Os terríveis dementadores, os guardas sem alma da prisão de Azkaban, fazem um vasta vistoria no Expresso em busca de Sirius Black. Ao chegarem na cabine onde Harry, Rony, Hermione e o adormecido homem estão, um frio de gelar os ossos os assalta e Harry, mais do que os outros, é afetado pela presença malígna da criatura e acaba desmaiando. Ao acordar, o trem já está em movimento e os amigos estão ao seu redor, o novo professor a um canto o observando. Eles comparitilham a terrível sensação de estar na presença de um dementador. Os seres se alimentam da felicidade humana até que possa sugar a alma das pessoas e deixarem o corpo vazio, tornando-as seus iguais. Uma das poucas coisas capaz de animar o bruxo após um ataque de dementador é o chocolate!

Na reunião costumeira no Salão Principal de Hogwarts, o diretor Alvo Dumbledore alerta aos alunos que naquele ano a escola estará sob guarda dos dementadores. Todas as entradas e saídas teriam dementadores postados. E as criaturas não fariam distinção de alunos ou bruxos mal intencionados se houvesse necessidade. O diretor não aprova a presença das criaturas na escola.

Logo em sua primeira aula de adivinhação, Harry recebe o pior agouro que poderia se esperar. Dizem que o Sinistro, o tenebroso cão espectral que assombra os cemitérios, o persegue. E daí por diante as aulas da Profª Sibila Trelawney se tornam um constante estudo sobre como Harry teria uma morte terrível e dolorosa. Na aula de Transformação, a Profª Minerva tranquila os alunos dizendo que a professora de Adivinhação vinha previndo a morte de um aluno desde que começara a lecionar na escola. E, sobre sua própria matéria, ensina aos garotos sobre o poder dos bruxos em se transformar em animais, a animagia. Os garotos seguem para a aula do novo professor de Trato das Criaturas Mágicas que tinha tudo para ser um sucesso, mas graças a Malfoy acaba saindo tudo pelo avesso. E quem seria esse professor? Há, há... conto não.

Em Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban Harry terá uma revelação surpreendente sobre seu passado, presenciará uma profecia terrível, conhecerá o famoso vilarejo bruxo de Hogsmead usando um mapa especial criado por Aluado, Rabicho, Almofadinhas e Pontas, antigos amigos animagos. e descobrirá o tamanho de seu poder ao tentar dominar o complexo Feitiço do Patrono. Mais uma vez, ele tem a Copa de Quadribol para competir e, apesar de um acontecimento seríssimo terminar com a destruição total de sua vassoura Nimbus 2000, uma surpresa o aguarda páginas à frente. Enquanto Bichento continua perseguindo de forma incansável o rato Perebas, Harry tenta passar vivo por mais um ano cheio de confusões. E dessa vez é mais do que pra valer e, como sempre, são elas que vêm ao encontro do garoto.

Leia Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban baixando o livro completo clicando aí mesmo no nome dele. Baixou e leu? Então compre o original. Do contrário, mando dementadores na sua casa para te dar um beijinho de boa noite. E juro que você e ninguém da sua família vai gostar muito do resultado...

Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us